Bonsai

Bonsai de faia

Pin
Send
Share
Send


Bonsai de faia

A faia é uma das essências favoritas para a criação de bonsai. Quem prefere as essências indígenas, escolhe Fagus sylvatica, a faia comum, muito comum nos bosques do nosso continente. Não é uma essência simples, mas com uma pequena aplicação, pode dar grande satisfação. Não é difícil encontrar pequenas amostras no mercado, tanto das espécies quanto de algumas cultivares com folhas vermelhas ou porte decumbente. Além disso, se permitido pelas autoridades, é possível coletar amostras pequenas já com algumas predisposições especiais (por exemplo, um tronco grande). Como última alternativa, é possível cultivar uma muda diretamente das sementes, colhendo os frutos da faia no outono.


Características estéticas e variedades

A faia é apreciada por sua bela estrutura, muito harmoniosa e leve, mas ao mesmo tempo resistente. Uma grande atração são as folhas: verdes ao longo do ano, passando a vermelho e amarelo dourado no outono. Eles quase sempre permanecem na árvore durante o período de inverno e caem apenas quando os brotos se pressionam novamente.

Obviamente, você também pode optar pelas cultivares do grupo atropurpurea. As mais comuns variam apenas para a coloração da folhagem (púrpura e depois cobre), mas também existem algumas com porte específico (colunar, decombente).

As Fagus crenata (com folhas menores e também com cores muito intensas) também são muito populares.

Normalmente, nas faias, existe a tendência de criar matas (estilo Yose-Ue), obtendo a forma natural com a poda. Não é incomum, no entanto, que alguns espécimes particularmente bonitos sejam usados ​​solo. Nesse caso, os estilos chokkan (formal ereto) e hokidachi (vassoura invertida, com coroa arredondada) são seguidos. Há também casos de estilo ventoso, embora exija muita experiência e paciência.

Vídeo: Paulo Moura Faia (Agosto 2020).

Pin
Send
Share
Send